Pela Ribeira das Quelhas


Clique para aumentar as imagens


O trilho das Ribeiras de Quelhas e de Pera constitui um convite à sintonia com a natureza, acompanhando parte do percurso destas águas cristalinas e gélidas.

Começando o passeio na aldeia do Coentral sabemos que ao adensarmo-nos na Serra, um trilho de apenas 5 Kms mas de extrema dureza nos aguarda.

Não menos de 4 horas serão necessárias para cobrir a sua extensão circular.

No início do trajecto caminhamos ao longo da margem direita... neste lugar não se ouvem ruídos da civilização, apenas os sons dos pássaros e a água saltitando no leito da ribeira nos acompanham.

Olhando em redor verificamos que impera a pedra, existindo apenas pequenos fios de solo para as espécies que teimam em crescer.

Debaixo dos nossos pés as pedras rolam e todo o cuidado é pouco.

Nas margens da Ribeira a vegetação cresce exuberante num contraste abrupto com as encostas escarpadas aonde apenas sobrevivem, mais afoitos, tufos de gilbardeira.

A partir de determinado ponto começam a predominar os xistos.

O terreno é bastante pedregoso, próprio para as cabras e ovelhas que por aqui apascentam.

Depois de ultrapassarmos alguns obstáculos rochosos deparamo-nos com uma pequena lagoa que convida a um banho muito refrescante.

Nesta zona, subsistem, ainda assim, carvalhos, pilriteiros, azevinhos e azinheiras. O tempo parou... a natureza domina o espaço por completo impondo uma atitude de serenidade e relaxamento.

Continuamos a subida até ao topo escarpado.

A fraga é imponente e se estivermos numa época húmida veremos a Ribeira despenhar-se em longas cascatas.

Olhando para cima vemos um penhasco que se ergue a pique ...

Sabemos que com alguma coragem e uma boa dose de determinação o conseguiremos subir e alcançar o planalto do Santo António da Neve... no entanto, optamos por regressar por um carreiro que sob a frescura de carvalhos, salgueiros e imponentes castanheiros, nos conduz aos tapetes das pastagens de Vale Silveira e calmamente nos encaminha de regresso ao Coentral.


Fonte: Entre A Serra e o Rio… Os trilhos ELOZ, edição Dueceira- Leader II ELOZ
Fonte: Imagens AS/Dueceira e João Viola/Dueceira
Para Consulta: Guia da Rede de Percursos da Serra da Lousã da QUERCUS